Segunda, 27 de Março, 2017

Câmaras portuguesas de comércio reunidas em Paris na próxima semana

Mantendo a tradicional rotatividade de cidade anfitriã da reunião, em 2017 será Paris a acolher a reunião anual, depois do Rio de Janeiro, Nova Iorque e de três reuniões em Lisboa.

Lisboa - A sexta reunião anual das câmaras de comércio portuguesas, que será focada no reforço da notoriedade, da força e do peso em Portugal e no estrangeiro das câmaras de comércio, decorre de 23 a 24 de março, em Paris.

O encontro é uma iniciativa da Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa, organizado em conjunto com a Câmara de Comércio e Indústria Franco Portuguesa.

Mantendo a tradicional rotatividade de cidade anfitriã da reunião, em 2017 será Paris a acolher a reunião anual, depois do Rio de Janeiro, Nova Iorque e de três reuniões em Lisboa.

O evento conta com a participação de representantes de 21 Câmaras de Comércio Portuguesas no estrangeiro. A Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa estará representada por Bruno Bobone, Miguel Horta e Costa e Paulo Portas.

O ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, o embaixador de Portugal em Paris, José Filipe de Moraes Cabral, e o delegado da AICEP em Paris, Rui Paulo Almas, marcam também presença no jantar de encerramento do primeiro dia deste encontro, informou a AICEP - Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal.

O primeiro dia será dedicado a reuniões internas sobre um balanço das atividades das Câmaras de Comércio Portuguesas no ano anterior, estratégias a adotar para este ano, a atual situação político-económica mundial e as suas implicações para o comércio internacional e para as Câmaras de Comércio Portuguesas, entre outros assuntos relevantes para estas entidades. Para o segundo dia, está agendada uma visita à sede da OCDE.

No decorrer da reunião, serão entregues o Prémio Câmara de Comércio Portuguesa 2016 e o Prémio Câmara de Comércio Portuguesa Revelação 2016. O objetivo do prémio é valorizar anualmente a Câmara de Comércio Portuguesa que se tenha distinguido pelos resultados obtidos no apoio à internacionalização das empresas portuguesas, na captação de investimento estrangeiro e na promoção da imagem de Portugal durante o ano anterior, bem como a Câmara de Comércio Portuguesa com menos de cinco anos de integração na rede e que se tenha destacado no mesmo papel.

Adicionar comentário

Seu apelido/nome:
seu email:
Comentário: