Redes Sociais:
HomeNotíciaCulturaColeção de Fotografia Contemporânea de banco português recebe prémio internacional

Coleção de Fotografia Contemporânea de banco português recebe prémio internacional

A Coleção de Fotografia Contemporânea do Novo Banco venceu o prémio internacional nos “Corporate Art Awards – Art Patrons of the XXI Century”, em Bruxelas, anunciou a instituição bancária.


Portugal Digital com Lusa


Nazaré,Portugal,1955, por Cartier Bresson, um dos expoentes da fotografia     Foto de Henri Cartier Bresson/Magnum Photos                                                                            

Na cerimónia de entrega dos prémios, que se realizou no Parlamento Europeu,  a Coleção de Fotografia recebeu o prémio “For the Outstanding photography collection of 21st century living artists”. A competição internacional “Corporate Art Awards” visa promover a colaboração entre o mundo empresarial e da arte a nível internacional.

Avaliada em cerca de 20 milhões de euros, esta coleção, que deverá ser instalada em Coimbra, segundo um projeto de cooperação entre o banco e o Ministério da Cultura, reúne cerca de mil obras em fotografia, de cerca de 300 artistas, entre os quais Cindy Sherman, Robert Frank, Helena Almeida, Nan Goldin e Daniel Blaufuks.

Este evento internacional realizado anualmente premeia os projetos culturais empresariais que promovem o mecenato cultural de excelência, sendo organizado numa parceria conjunta da pptArt, a LUISS Business School e o Ministério da Cultura italiano.

Foram 90 as entidades empresariais concorrentes de todo o mundo que participaram nesta iniciativa, como American Express, Banca Intesa Sanpaolo, BIC – France, BMW, Borsa Italiana, Collection Pictet, Bulgari, Deutsche Bank, Fiat,,Fendi, Lego, Lufthansa, Martini & Rossi, Ogilvy & Mather, Piaggio Foundation, Societé Génerale, University of Aucland, Volkwagen, Google Arts and Culture, la Caixa, Fondacione Banco di Napoli, entre outras.

Entre as concorrentes estava também a fundação portuguesa PLMJ, distinguida no ano passado, e a brasileira Itaú Unibanco.

Compartilhar

Escrito por: Portugal Digital

Nenhum comentário

Deixe um comentário