Redes Sociais:
HomeNotíciaEconomia e NegóciosCuritiba recebe shopping gastronómico com restaurante português

Curitiba recebe shopping gastronómico com restaurante português

O empreendimento Gastronomiq, que representa um investimento de R$ 5 milhões, leva a Curitiba modelo de negócio inspirado em grandes mercados de Nova Iorque, Madri e Lisboa. 


Portugal Digital



Chelsea Market, de Nova Iorque (EUA), Mercado San Miguel, de Madri (Espanha) e Mercado da Ribeira, em Lisboa (Portugal). Essas foram as principais referências do empresário Diogo Bernert ao pensar no projeto do Gastronomiq – primeiro shopping gastronômico de Curitiba, que inaugura no segundo semestre de 2019 no Ecoville. “Somos um shopping gastronômico que oferece muito além da alimentação, agrega serviços, facilidades, comodidade e estrutura, que dá essa característica peculiar ao espaço”, afirma Bernert.

De acordo com a pesquisa da Brain, por mês, mais de 800 mil pessoas de fora do bairro visitam o ParkShoppingBarigüi – o único shopping do Ecoville. O ticket médio dos moradores da região em alimentação é de R$65 por dia, que, geralmente, são gastos em outras localidades por falta de opção. Os imóveis mais valorizados de Curitiba e também o maior PIB da cidade estão no bairro, considerado nobre.

O projeto arquitetônico do Gastronomiq, feito pelo escritório de arquitetura Alessandra Gabardo,  alia a área verde presente no terreno de mais de 12 mil metros quadrados da família Bernert, com uma área construída de 2.500 metros quadrados, com capacidade para 550 pessoas. Terá também um espaço com atrações para crianças de 1 a 13 anos de idade.

Com investimento de aproximadamente R$5 milhões, o complexo terá de 25 a 50 operações, entre lojas e quiosques. A previsão do empreendimento é gerar 180 empregos diretos e 500 indiretos.

“Vamos trazer um restaurante de cada estilo, ou seja: uma hamburgueria, uma pizzaria, um italiano, português, um asiático, um espanhol, entre outros, para que seja um local democrático e todo mundo possa vir fazer uma refeição bacana, sair satisfeito e voltar muitas vezes”, explica o empresário. “O curitibano gosta muito de novidades, por isso, estamos buscando o que há de melhor e também tendências de outras cidades para o empreendimento”, conta.

Entre as operações já confirmadas estão: Evi (franco-peruana), Drink Me (drinks e destilados), Beer Stop (chopes e cervejas artesanais e importadas) e Mundo Sur (vinhos).

Além disso, um espaço será destinado a eventos de gastronomia, lançamento de livros e aulas-show. O espaço estará disponível tanto para eventos e estratégia de marketing do Gastronomiq, quanto para os lojistas e também para o público geral, que poderá promover eventos dentro do espaço.

Facilidade para os lojistas

Um dos grandes diferenciais do Gastronomiq é que ele oferecerá serviço de um shopping. Uma equipe formada por profissionais especializados no seguimento comercial de shopping center foi contratada para  desenvolver um cálculo exato dos custos de condomínio – um CRD (Coeficiente de Rateio de Despesas) própria para o Gastronomiq, com o objetivo de chegar num resultado mais justo possível a cada lojista.

“Além disso, estamos desenvolvendo um aplicativo que facilitará a compra para o consumidor final, com o intuito de trazer o conforto de um restaurante em um shopping com várias opções de cardápio, sem que seja necessário enfrentar filas e nem mesmo levantar da mesa”, adianta Bernert.

Além do espaço físico de cada operação, o Gastronomiq entrega sistema de exaustão, um depósito com a mesma metragem da loja – para abrigar estoque e maquinário, além de toda infraestrutura de limpeza, segurança e manutenção. A passagem dos colaboradores, insumos e até a retirada do lixo é feita por uma área exclusiva e interna, longe dos olhos do público.

Compartilhar

Escrito por: Portugal Digital

Nenhum comentário

Deixe um comentário